2 de mar de 2011

Receita muda interface do programa IRPF

A Receita Federal fez algumas mudanças no programa IRPF – que é usado para preenchimento da declaração do imposto de renda. A principal delas está no design, que foi modificado para deixar o uso do programa mais simples. As telas da edição anterior tornavam o software um pouco confuso para alguns usuários.
O software também teve melhorias nos manuais – que explica o uso do programa. Agora, as dicas estão mais precisas e fáceis de entender – uma boa notícia ótima para quem não tem muito traquejo com informática.  Além disso, o programa agora é capaz de indicar, automaticamente, qual é o melhor tipo de declaração: a simplificada ou a completa.
O IRPF 2011 é gratuito. Devem usar o programa os contribuintes quem estão dentro das obrigatoriedades da Receita. De acordo com as normas do órgão, esses contribuintes são os que receberam, em 2010, mais de R$ 22.487,25 em rendimentos tributáveis.
Os contribuintes que tiveram rendimentos não-tributáveis ou isentos de impostos acima de R$ 40 mil no ano passado também devem de acertar as contas com a Receita. As pessoas que ganharam capital com alienação de bens ou direitos sujeitos a incidência do imposto, ou ainda os que realizaram operações em bolsas de valores, mercadorias e futuros, também precisam declarar.
A Receita Federal disponibiliza o programa IRPF 2010 para os sistemas operacionais Windows, Linux, Mac OS e Solaris. Para rodar a versão Java do programa, o internauta precisa ter a máquina virtual Java instalada no computador.
Para fazer o download do programa, acesse nossa Central de Downloads.
Com Informações da Info

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Comente sobre o assunto da postagem.
- Devido ao grande número de postagens anônimas, não é mais possivel comentar como Anônimo.