20 de jan de 2009

TI é a área mais estressante do mundo

Estudo aponta que 97% dos profissionais de TI relatam estresse em seu ambiente de trabalho.

Profissionais da área de tecnologia da informação estão mais propensos a sofrer com o estresse do que os de outras áreas. Isso é o que aponta uma pesquisa da consultoria SWNS com 3 mil pessoas ao redor do mundo. De acordo com o levantamento, 97% dos profissionais de TI alegam sofrer de estresse diariamente em seu ambiente de trabalho.
Quatro dos cinco consultores de TI sentem-se estressados antes mesmo de entrar em seu local de trabalho. Tal sensação de mal estar é uma forma de antecipação às pressões e reclamações a serem sofridas ao longo do dia.
A pesquisa apontou ainda que um terço dos profissionais de TI acusa dificuldades em concluir suas tarefas quando seus gerentes ou diretores exercem pressões constantes.
Outro ponto de queixa relata que é grande a dificuldade de lidar com profissionais de outras áreas que não têm conhecimentos básicos de TI. "Eu passo a maior parte do meu dia recebendo ligações de pessoas que não têm nem mesmo conhecimento básico de computadores e impressoras. É impressionante o tempo que eu passo ensinando até mesmo onde fica o botão liga-desliga!", desabafou um dos respondentes.
Em segundo lugar como as profissões mais estressantes do mundo aparecem as áreas médicas, com 96,8% relatando fadiga diária. Engenheiros, vendedores e profissionais de marketing aparecem nas posições seguintes.
De maneira geral, 37% dos respondentes apontaram dificuldades em cumprir prazos para suas tarefas e 31% relataram estresse ao assumir tarefas conduzidas por outros profissionais.
Outros 28% manifestaram insatisfação com seu local de trabalho e disseram preferir trabalhar em outro lugar. A pesquisa foi encomendada pela empresa de e-learning Skillsoft.

Veja a lista completa das áreas mais estressantes:
1) Tecnologia da Informação
2) Medicina
3) Engenharia
4) Vendas e Marketing
5) Educação
6) Finanças
7) Recursos Humanos
8) Operações
9) Produção
10) Religião
Fonte: IDGnow

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Comente sobre o assunto da postagem.
- Devido ao grande número de postagens anônimas, não é mais possivel comentar como Anônimo.